Confira o novo clipe ‘Insurreição’, single do EP ‘Restrito ao Caos’ da banda Furial.

Banda Furial, Florianópolis-SC – “Aos que ousam o futuro pertence” – Furial (ex-Insurreição) é uma banda brasileira de rap metal e hardcore de Florianópolis/SC.

“Nada na superfície, profundezas em chamas” = Fundada em 2002 e com atividade até 2004, o grupo anunciou seu retorno em 2019. Formada pelo baixista e backing vocal Eduardo Stosick, o baterista Ginho Bernandes, o guitarrista Lazzaris e o vocalista Popini.

“Pela arte do détournement” – A Furial nasceu do movimento estudantil de Florianópolis, especialmente do Movimento Passe-Livre. A banda tocou em shows/manifestações e promoveu eventos políticos/artísticos no âmbito estudantil.

“Desbarbarizar tornou-se a questão mais urgente da arte” – Os temas que abordarmos são: indústria cultural; economia política; superação na realização da arte; poesia revolucionária; alienação, manipulação e comoditização; filosofia da história; ética; filosofia política; desobediência civil; alteridade e intersubjetividade.

“Se eu não puder dançar, não quero ser parte da sua revolução” – Após 15 anos de hiato, lançamos o EP Restrito ao Caos (2019). Produzido de forma independente por Furial e Hique d’Ávila. Gravado, mixado e masterizado no HD Studio, em Florianópolis/SC.

Furial - Fpolis capa

O clipe resgata a Revolta da Catraca (https://pt.wikipedia.org/wiki/Revolta_da_Catraca) que foi uma insurreição/manifestações em Florianópolis contra o aumento das tarifas (parceria com os produtores do documentário ‘Amanhã vai ser maior’:  https://tarifazero.org/2010/05/12/amanha-vai-ser-maior/), a Rádio de Troia (http://www.overmundo.com.br/guia/radio-de-troia) que foi uma rádio livre organizada por estudantes, a troca de informações pela Mídia Independente (https://midiaindependente.org), e, ainda, um pouco do sentimento de indignação que o movimento estudantil florianopolitano (grêmios e centros acadêmicos) na época sentia em relação à geopolítica, à política econômica e às condições sociais do início dos anos 2000, catalizados pelo Fórum Social Mundial (especialmente aqueles de Porto Alegre em 2002 e 2003 https://pt.wikipedia.org/wiki/F%C3%B3rum_Social_Mundial#FSM_2003).

Letra:

Bem-aventurados, sejam bem-vindos
Na geração de estrelas de metal
Conectam a nova guerra
Sem fronteiras o bombardeio visual

Monsieur Debord, abra as cortinas
Que seja assim! Ó, senhores Messias
Clamam por sangue, juros e fobia
E reacionários vomitam suas demagogias
Velha fogueira da Inquisição ainda queima
A 100.000 watts de potência
Em capitanias hodiernas
A mando do senhor feudal da era pós-moderna

(O que será? Será? Será…)
O fim da História? O fim da História?!
(O que será? Será? Será que…)
Ela dá voltas? Ela dá voltas?!

Pax americana, 11 de setembro
Legitimado o banho de sangue pelo medo
Às vezes cinco, não, às vezes três
Às vezes todas as guerras de uma vez
E com minha rebeldia
Apresentam a doutrina
Agenda-setting difundida
Compre um prazer e venda sua vida
Mas cansado de estar
Dentro deste falso versículo a ser docilizado
Sob ferros e a monitorar
Punho no ar, a História me absolverá!

Esse é o peso que abalou o seu ouvido

Então, saca
Saudações a quem se prontifica
À roda-viva revolucionária
Face à passividade meramente consumista e egoísta
Insurreição! A sua voz é subversiva

Eles não têm controle sobre nós
Eles não têm controle sobre minha voz
Eles não têm controle sobre nós
Nada têm, nada têm, sobre nós!

(O que será? Será? Será…)
Eles não têm controle sobre nós
Eles não têm controle sobre minha voz

(O que será? Será? Será que…)
Eles não têm controle sobre nós
Eles não têm controle sobre minha voz

Faça sua história
Esta é a hora

 

☑ ASSISTA TAMBÉM NA PROGRAMAÇÃO DA NOSSA TV ONLINE BSCRC-TV (CANAL 2)

selo Tá na TV 100x122 - Tá na programação - BSCRC TV

 

BSCRC TV – ASSISTA!
★ Canal 1 – O mais completo, mais de 300 vídeoclipes na programação.
★ Canal 2 – O mais novo, clipes recentes, lançamentos, e especiais também.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑